quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

O levante entrou, e o Lobo do Mar atacou!!

Havia uns dias que andava atrás de uma previsão que é do meu agrado para pescar da praia.
Aqui no sul apelidamos de “levante” ou “suestada” ao vento de sueste, para quem não sabe este vento que vem do norte de África e sul de Espanha traz alguma ondulação produzida no estreito de Gibraltar e com ele correntes quentes e por vezes fortes quando o vento é muito.
Se não for muito forte é um mar a não perder para pescar da praia, pois poderemos ter algumas surpresas. 6h da manhã toca o despertador e é hora de me fazer à estrada, chegado ao local montar o carrinho com a geleira e o resto da bagagem, pois o pesqueiro ainda ficava longe, como gosto de pescar sem vizinhos ando sempre mais um pouco em busca de um fundão. A pescaria não foi nada de mais mas deu para animar um pouco, chatas foram as inúmeras miniaturas que mesmo com um anzol maiorzinho teimavam em sair.



4 Sargos=3kg

Robalo 2Kg

sábado, 24 de dezembro de 2011

Robal de Natal


Um amigo andava me a fritar a cabeça para ir fazer a noite de surfcasting a um spot onde em tempos já fui feliz, como fiquei picado com um Robalão de cinco kilos que o companheiro Dani apanhou há umas noites (http://don-lopez.blogspot.com) aceitei o convite e lá fomos nós procurar o Robalo Natalício, não para o mesmo spot porque eu não gosto de ir para onde sei que apanharam, prefiro ir para outro pesqueiro mas na mesma zona e que eu não saiba o que se tem lá passado. No meio de algumas sarguetas pequenas que roíam a isca e algumas que foram devolvidas ainda tirei três sargos bons, a noite já ia longa e nem sinal de Robalo. Decidimos ficar até de manhã e depois “levantávamos ferro” e assim foi, pouco antes do dia nascer com algum nevoeiro alto a minha linha afroxou , peguei na cana comecei a recuperar lentamente e com uns bons toques apercebi me que tinha lá o meu Robalo de Natal :) com jeitinho e calma lá meti o rapaz em seco…ainda pescamos mais uma horita e nada, era daqueles que estava reservado para mim, pesou 2,900Kg.
Saúde e bom Natal

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Pesca Inesperada

Acabadinho de chegar de três horinhas de faina aqui mesmo perto de casa (Surfcasting), sinceramente não é nem de perto um dos sítios onde gosto de pescar, mas como um amigo me andava a desafiar só para ir estica-las, e que tinha isco para os dois, lá decidi ir apanhar um pouco deste frio…Apesar de a noite não estar nada agradável devido ao frio, ainda tirei estes 3 peixinhos que quase taparam o fundo da geleira e acusaram na balança 3,600Kg nem me passava pela cabeça apanhar três peixes destes com aquele mar tipo piscina…

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

"Mais portagem mais pescagem"


Pois é!! Como todos já devem ter ouvido falar, desde há uns dias que se paga para usar algumas estradas de Portugal, no meu caso a via do Infante, a isto chama-se chulagem, e os chulos são claro os governantes do nosso País… Mas isto tudo porque queria ir fazer uns lances e à ultima da hora tinha desistido, comecei a fazer contas, não para pagar a estrada porque essa nunca a vou pagar, garanto, por mim era até nascer arvores lá no meio… Fiz uma estimativa ao tempo que iria demorar a fazer o regresso a casa à hora de ponta pela nacional 125 e desisti…
Mas lá no fundo o subconsciente e o sentimento de revolta falaram mais alto e arranquei para a faina, não ir à pesca por causa dos chulos que governam o País!!! NUNCA!!!!E quem não arrisca não petisca, pois tive a felicidade de apanhar este lindo Robalo que me deu uma lutasinha engraçada e que me deixou bastante satisfeito, pois passei uma tarde tranquila e sem ver ninguém, só eu e o mar… À volta para casa e já na hora de ponta, tranquilo, um CD de musica relaxante e uma tablete de chocolate para o caminho e deixa-os ladrar…

Agora sim, Começou o Inverno…

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Baila record


Entrei na carrinha e o termómetro marcava 9ºgraus, até aí tudo bem, desde uma nocturna que fiz com o companheiro Dani no Inverno passado em que marcou 2ºgraus toda a noite, estamos preparados para tudo…

Chegado ao pesqueiro ainda tinha 10 minutos de sprint até ao spot antes do sol nascer, uns pingos de chuva e o vento norte gelado que se fazia sentir passava pela roupa como se fosse uma rede, encontrei um fundão onde tirei a mochila e encaixei os dois elementos da cana, pois já ia montada de casa para não perder tempo, o dia despertava com umas cores mágicas devido a diferentes temperaturas que por vezes acontece em camadas de atmosfera diferentes, o mar estava propicio para um vinil, e assim foi, 1º lançamento dois toques de ponteira e já está presa a put…. Deve ser alguma corda que está aqui enterrada no fundo pensei eu, nada disso, era um peixe que depois de se sentir preso deu 3 puxões bons e uma luta tipo brincadeira bem engraçada, deve ser um robalinho aí na casa das 500g pensei eu, até que quando saiu da água olhei e vi umas pintas bem carregadas a afirmar-se uma bela Baila que seria a minha maior até hoje 1,200Kg e um record não só de tamanho mas ao 1º lançamento na vertente de spinning… entendi este peixe como uma recompensa, pois nos últimos meses tenho devolvido dezenas de exemplares deste espécie, assim como também tenho convencido alguns amigos a fazerem o mesmo. As 9:30 dei por terminada a faina e fui beber um cafezinho.