segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Alternativa

Boas pessoal!
A coisa não vai de vento em poupa como se costuma dizer, o mar na Costa Norte teima em não oferecer condições para a prática de Surfcasting nem de spinning e por isso as investidas têm sido poucas, então um dia destes decidi ficar por perto e tentar a sorte no molhe a pescar à chumbica e spinning…


Apanhei o barco da carreira cheguei ao pesqueiro ao final do dia e houvesse peixe ou não teria de ficar lá até ao dia seguinte, pois durante a noite não há barco da carreira para terra. É um pesqueiro bastante desprotegido como quase todos os molhes e bastante frio à noite nesta altura do ano, por isso um bom agasalho não pode faltar…


Com as canas montadas e tudo mais ou menos preparado aproveitei para comer uma bucha e beber um café quentinho que levei no termo, em noites destas o café vai sempre comigo.




Comecei a pescar já de noite mas o peixe era pouco e havia muita “ruama “ presente desde choupas, sarguetas e pequenas garoupas, ia alternando a pesca entre umas tentativas à chumbica e uns lançamentos ao spinning.


No spinninhg houve ali uma altura em que entraram uns robalotes kileiros e ainda consegui sacar quatro, tive mais um que desferrou, já na técnica da chumbica entre algumas devoluções de peixe muito pequeno ainda consegui deixar quatro sargos para trazer para casa, dois deles na casa das 900g e outros dois a rondar as 400g……


Pouco mais há a dizer sobre esta pesca, não foi uma noite de luxo mas ainda trouxe uns pexecos para casa…


Estes dois marcharam logo ao jantar

Desejo a todos os leitores, seguidores e amigos um Bom Ano de 2016.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Dourada Natalícia


Boas amigos e seguidores!
Com a escassez de Robalos na nossa Costa aliado à falta de condições de mar que permitam o peixe abeirar tenho ido menos vezes à pesca, pois o resultado já sabemos por antecipação qual será… Apesar de tudo isso um dia destes fui aqui à Ria fazer uma pesca ilhada logo pela manhã numa de passar o tempo e respirar o ar fresco da maresia matinal. Montei duas canas em que uma isquei para o Robalo e outra para a Dourada, Robalos esses que também por aqui estão ausentes mas no entanto e apesar de já não ser altura de Douradas estas continuam a dar sinal, parece que afinal de contas sempre ficaram por aí umas poucas como tinha previsto, foi uma alegria efectuar esta captura em Dezembro, mas é impensável fazer uma pesca destinada a esta espécie nesta altura do ano…


Tal como o peixe o tempo também anda trocado, onde é que já se viu fazerem temperaturas de 21º de dia uma semana antes do Natal, aqui no sul teve um mês e meio sem chover, isso não é bom para ninguém a não ser para os tipos da radio que quando anunciam um dia de sol dizem que é uma boa noticia e quando anunciam um dia de chuva dizem que é uma má noticia, no entanto é isso mesmo que as pessoas querem ouvir, que vai estar um dia de sol lindo, por vezes dou comigo a pensar o que é que as pessoas têm na cabeça ao pensarem desta forma quando o que nós precisamos nesta altura do ano é chuva desde que não faça estragos claro… Mas não, as pessoas apenas pensam no presente e não querem saber das consequências que daí advenham, desde que faça sol está tudo bem, enfim…

Aproveito este relato para desejar a todos os leitores, seguidores e amigos um Bom Natal ou pelo menos dentro dos possíveis.
Saúde e força aí pessoal.


O meu barco



Um buraco no meio do lodo também tem a sua beleza


Boas Festas

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

O feliz contemplado


Boas caros seguidores!
Desde já muito obrigado a todos os que aderiram a esta iniciativa patrocinada pela “Silpro Fishing” representante e distribuidor da Cinnetic em Portugal.
O feliz contemplado foi o Sr. António Costa, pouco sei à cerca deste Sr. Apenas consegui descobrir que é contribuidor de um blogue chamado (http://pescadamaltadonorte.blogspot.pt)
Agradecia que o mesmo entrasse em contacto comigo aqui no blogue através de mensagem e me deixasse o seu endereço de email, mensagem essa que não será publicada…
A todos os outros mais uma vez obrigado, talvez no futuro haja mais iniciativas deste tipo.
Cumprimentos




segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Cinnetic Crafty Sea Bass CRB4 3m


“Spinning”
Boas pessoal!
Hoje vou escrever um pouco sobre a Crafty Sea Bass CRB4  3m da Cinnetic.
Trata-se de uma sofisticada cana de spinning com um design muito desportivo e atractivo, ao primeiro contacto físico verificamos que estamos perante um produto de grande qualidade e que apetece lança-la naquele instante para ver como se comporta. Com um blank fino e esbelto fabricado em carbono de 30 tones está perfeitamente equilibrada, vem equipada com porta carretos e passadores Fuji  “K” que lhe assentam na perfeição. Foi criada para a pesca de predadores de medio porte como o Robalo, tem uma acção de 20-50g  e pesa 249 g com um diâmetro de 13,50mm num cabo revestido em Eva de alta densidade.


É uma cana lançadora o que faz com que não peça muito esforço por parte do pescador na hora de lançar, foi testada com jerkbaits, vinis e passeantes, transmitindo muito bem o trabalhar do artificial. Em relação ao contacto com o peixe mostra-se uma cana firme e segura no momento da ferragem...

É a minha companheira nº1 nas jornadas de spinning salvo raras excepções.
Abraço e força aí pessoal.












Duplo aperto no porta carretos
















quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Sorteio de um carreto Cinnetic


Boas caros amigos, leitores e seguidores!
 Como o prometido é devido o blogue “Lobo do Mar” em conjunto com a “Silpro fishing” representante e distribuidor da Cinnetic em Portugal irá realizar na próxima semana sem dia definido o sorteio de um carreto Cinnetic. Para quem estiver interessado em participar tem de pertencer à lista de seguidores deste blogue e para isso deve fazê-lo indo ao lado direito desta página e na secção igual a esta que diz “Seguidores” basta clicar em “Aderir a este site” e seguir os passos…
O meio utilizado para o sorteio será o conhecido saco de papelinhos com o nome de cada seguidor…


O feliz contemplado poderá escolher um entre estes dois carretos da Cinnetic, o que seja da sua preferência…
Saúde e força aí pessoal




sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Antes que eles inventem...

“Spinning”
Olá amigos!
Um dia destes estava eu numa indecisão de (vou não vou, vou não vou)
Acho que todos nós já tivemos dias assim, em que não sabemos o que havemos de fazer em relação à pesca, depois começamos a pensar nos prós e contras se vale a pena ou não vale a pena ir…  Neste dia o pensamento estendeu-se mais além e veio-me à cabeça a hipótese de proibirem a pesca ao Robalo em toda a União Europeia já no inicio do novo ano, é uma ideia que ainda está em cima da mesa e não se sabe ao certo qual será o seu desfecho.
Não foi preciso muito mais tempo para decidir o que fazer e pensei cá para mim (antes que estes gajos me cortem as pernas deixa lá mas é dar mais um passeio por aí) porque depois só me resta contemplar as fotos e viver as memórias…


Preparei tudo e pus-me a caminho do local que tinha em mente, a lua foi minha companheira durante toda a viagem, poucos dias antes tinha passado por lá e fiquei maravilhado, pois acho que nunca tinha visto aquele spot assim tão bom, ao chegar já de noite notei que o mar tinha um trabalhar porreiro pelo menos era essa a sensação que me transmitia ao ouvido…


Comecei por bater a zona e aos poucos sucedia-se a troca de amostras para tentar saber qual é que eles queriam naquela noite, foi com talvez quarenta minutos de pesca que fui surpreendido com aquela maravilhosa sensação de um ataque surpresa que por vezes se mistura numa sensação de susto e alegria ao mesmo tempo, só quem pratica este tipo de pesca sabe do que estou a falar. Peixe ferrado do outro lado e aproveitei para curtir o momento até ele vir ter aos meus pés, guardo o peixe no ceirão e volto ao mesmo ritmo de lançamentos, talvez passados vinte minutos tive outro ataque bem-sucedido à mesma amostra e pouco depois estava ali aquele prateadinho a chapinhar na borda de agua, a minha alegria misturou-se com um alivio como que dizendo que a pesca estava feita e a viagem estava ganha, o que se veio a confirmar mais tarde e dei por terminada esta sessão de spinning com dois bons exemplares. No dia seguinte ainda houve tempo para espreitar outros spots e tirar umas fotos.  Agora resta-nos a todos esperar e ver o que vão inventar desta vez…
Abraço e força aí pessoal.


Material utilizado
Cana:  Cinnetic Crafty Sea bass 2,70m
Carreto:  Cinnetic Cautiva 4500
Linhas: multi 0,18 com chicote 0,40 Skyline da Cinnetic
Artificiais: Jerkbaits








segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Spinning na Ria Formosa

“Spinning”
Boas amigos!
Parece que as nuvens fizeram gazeta este ano e as condições para bons dias de pesca também, então num destes dias deprimentes de sol e céu limpo que até já chateia decidi entreter-me um pouco aqui perto de casa, as douradas aos poucos vão abandonando a ria e a única coisa que tem saído são pequenos juvenis que são prontamente devolvidos ao seu habitat natural na esperança que não caiam nas mãos desses criminosos que andam por aí…


Neste tipo de pesca (ilhada) que importei da Costa Vicentina e adaptei aqui à Ria Formosa durante as inúmeras investidas que tenho feito às douradas num destes pesqueiros apercebi-me de alguns ataques de robalos à superfície, então comecei a observar e a marcar a hora que eles por ali passavam, pois era quase sempre à mesma hora da maré…….

Foram algumas as vezes que levei a cana de spinning e umas amostras para tentar a sorte, mas estes gajos apesar de serem poucos são rápidos e manhosos, fazem meia dúzia de ataques quando passam no pesqueiro e nunca mais dão sinal de vida. Normalmente os ataques têm uma cadencia certa e sempre nos mesmos locais, a cana tem de estar sempre montada e preparada para o momento em que eles possam aparecer, pois fazem uma aparição de dois ou três minutos e bye bye…..


Então num destes dias estava eu com uma cana à dourada e outra de spinning preparada ali ao lado, quando me apercebo de um ataque à minha esquerda, passados uns segundos outro ataque à minha frente e supostamente o próximo ataque seria à minha direita seguindo o padrão de outros dias, e foi para lá que eu lancei mas nada, faço um segundo lançamento para o mesmo local dou duas maniveladas e já estás…………. Cana dobrada e o peixe aproveita a força da corrente que era forte para se afastar……….. Houve alturas em que pensei que tinha um Robalo de respeito, pois o peixe estava forte……

 Depois vou recuperando aos poucos e quando o aproximo de mim é que vi o porquê daquela energia toda, o peixe falhou o ataque ao passeante e foi ferrado pelo rabo, ora um peixe com pouco mais de kg com uma amostra no rabo e a apanhar boleia da corrente imaginem o que não parecia hahhahahha……. Não foi um grande Robalo mas foi como se fosse pela força que fez e o prazer que me deu durante alguns momentos :)
Saúde da boa e até breve pessoal.


Material utilizado
Cana:  Cinnetic Crafty Sea bass 2,70m
Carreto:  Cinnetic Cautiva 4500
Linhas: multi 0,18 com chicote 0,40 Skyline da Cinnetic
Artificiais: Passeante

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Douradas time...

“Surfcasting”
Boas caros amigos e seguidores.
Mais uma investida às Douradas, esta tem sido a minha espécie alvo nesta temporada como tinha prometido no início, mas desta vez a zona de ataque foi outra e na vertente de “Surfcasting”
O tempo até ao final da semana passada manteve-se bom e com ausência de Nortadas aqui no sul, ideal para as Douradas permanecerem encostadas a terra, condições essas que já mudaram…


 Como não sabia em que estado estavam as praias fui um dia antes da quebra de mar, saí de casa depois do jantar para apanhar menos trânsito e sem pressas fui pernoitar na zona que tinha em mente fazer a investida no dia seguinte. Tinha como objectivo espreitar logo pela manhã três spots ligeiramente perto uns dos outros e depois escolher o que oferecesse melhores condições para fazer a investida nocturna.
Quando acordei foi a desilusão total ao olhar para o cenário que tinha pela frente, apesar de estar perante uma vista maravilhosa ao acordar, não oferecia condições para uma sessão de pesca, não perdendo mais tempo dirigi-me a outro spot e este bem melhor que o 1º, olhei durante dez minutos e gostei do que vi mas ainda fui espreitar o 3º spot que foi mais uma desilusão. A escolha estava feita e seria no 2º spot que iria apostar nessa noite…


Depois de beber um cafezito numa terriola ali perto dirigi-me logo para a praia não fosse algum maluco chegar-se à frente e “dropinar-me” o spot, não seria a primeira vez que tal coisa me acontecia. Como Lobo escaldado tem medo de agua fria eram 15:30 já tinha as Cinnetic espetadas na areia a marcar lugar como que dizendo (daqui não saio daqui ninguém me tira)
Aproveitei para me estender um pouco ali na areia e ainda tive tempo para apanhar um saco de lixo que o mar tinha trazido… Fez-se noite e comecei a pescar, volta e meia vinha a isca comida e comecei por apanhar um sargo de 500g e um pouco depois uma boa dourada, depois mais um sargo e pouco depois outra dourada……………………. Aos poucos a maré foi passando e no final consegui juntar umas belas Douradas e três sargos de 500g…….


Pelo menos não foi só uma, melhor que chibo…


Material utilizado
Canas:  Cinnetic Cyclone Black 4,25
    Cinnetic Sky Line 4,25
Carretos:  Cinnetic Cayman Black Evolution 7000
Linhas:  Skyline da Cinnetic

Aproveito para deixar aqui o link do Catalogo da Cinnetic para 2016




Servidos!!!?


É no Outono que muitas aves migratórias se reúnem na zona de Sagres, o ponto mais a sudoeste da Europa antes da sua migração Outonal, utilizando esta zona como corredor migratório e muitos são os aficionados desta modalidade apelidada de observadores de aves ou “birdwatching” que se deslocam até aqui todos os anos permanecendo durante semanas na esperança de capturarem com as suas objectivas o bando de sonho, num destes dias tive a sorte de poder observar este espectáculo da Natureza que passa despercebido aos olhos dos mais distraídos….






Ajudem a manter a Natureza e as praias limpas trazendo todo vosso lixo e mais algum…Saúde da boa e até breve.