quinta-feira, 21 de maio de 2015

Um dia diferente

Boas pessoal!
Um dia destes fui com o Gavião Sílvio fazer uma pesca de falésia. Ainda sem destino certo e sem grandes planos fizemo-nos à estrada… Depois de algumas opções em cima da mesa resolvemos ir espreitar um pesqueiro que o Sílvio conhecia mas que eu nunca tinha lá pescado.


Alguns pescadores já por lá andavam debruçados na falésia à procura de alguns Sargos. Nós escolhemos ali um cantinho que ninguém nos incomodasse e começamos a pescar, os anões estavam presentes e destemidos a desiscarem qualquer que fosse a isca… 


Aos poucos foram-se capturando uns peixes e devolvendo outros tantos que volta e meia vinham nos nossos anzóis, apesar de muito peixe pequeno ainda saíram alguns maiorsinhos e que foram aproveitados.


A minha pesca neste dia resumiu-se a estes três exemplares, um robalo e um sargo kileiros e uma Douradeca de 1,250Kg


O Sílvio também ainda aproveitou meia dúzia de peixes para uma refeição


Este teve um combate de boxe no dia antes e pelos vistos não lhe correu lá muito bem


O dia estava de sol e à hora de almoço fizemos uma pausa e fomos à Vila beber uma fresquinha e um cafezinho. Na parte da tarde aproveitamos para gastar o isco que ainda tínhamos em outro spot mas também por lá os anões andavam e aproveitamos apenas mais meia dúzia de sargos de 400g.


Foi um dia de pesca diferente ao que estou habituado, com claridade a mais lool e praticando uma técnica diferente, o resultado podia ter sido melhor mas valeu pela companhia e galhofa o dia todo hahahahahaha
Abraço e força aí pessoal.




quinta-feira, 7 de maio de 2015

Não vale a pena que não há nada...

“Spinning”
Boas pessoal!
Com a temporada de Spinning prestes a terminar para mim, este episódio passou-se numa noite em que não estava nada fácil encontrar um cantinho disponível.
Cheguei ao primeiro spot que eu tinha em mente e dei de caras com dois pescadores de Surfcasting mesmo no sítio onde eu mais gosto de pescar.
Dei meia volta e fui a um outro pesqueiro logo ao lado deste onde estavam também dois spinners, mas para minha felicidade estavam já de saída e em troca de palavras disseram-me que não valia a pena que não havia nada…
Qualquer um ficaria desmotivado com esta conversa, mas aquela não era a hora que eu gosto de pescar e não me desmotivei, apesar disso uma coisa já eu tinha a meu favor, não estava lá ninguém e estava como eu gosto, sozinho no breu da noite...
Como ainda faltava um pouco para a feição da maré aproveitei logo para comer uma sandeseca com um sumo… Escolho uma amostra propícia para aquela hora da maré e começo a fazer uns lançamentos, faço um, dois e toma já estáááásss!!! Ao terceiro lançamento Crafty dobrada e peixe ferrado na ponta da linha, pensei cá para mim “Afinal não estava aí nada hamm, fará se tivesse” hahahaha.

Peixe no ceirão e volta à carga, três quatro lançamentos e toma já estááááássss!!!  Peixe mais pequeno mas tão energético como o primeiro, cá para fora e ceirão com ele “olha afinal que não havia nada, isto até nem vai assim tão mal”
Mais meia horinha de lançamentos sem sentir nada até que, toma já estáááásssss!!!  “F#&%”  já está bruxa, a cana vergou bem mas o velhaco não ferrou, estava a correr bem demais isto. Bom se a tradição não falhar já não me calha mais nenhum hoje”


Bem dito bem feito, depois de cerca de três quartos de hora dei por terminada mais esta sessão, se for mesmo a ultima investida da temporada até nem acabou mal…
Abraço e até à próxima pessoal…
PS: Não deixem lixo nos pesqueiros.


Material utilizado
Cana:  Cinnetic Crafty Sea bass 2,70m
Carreto:  Cinnetic Cautiva 4500
Linhas: multi 0,18 com chicote 0,40 Skyline da Cinnetic 
Artificiais: Jerkbait


Águia


 Natureza