quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Outro cardume


Spinning:

Ora viva pessoal!
Nesta noite combinei com os “Gaviões” Sílvio e Manel para irmos fazer uma investida…

Na hora combinada telefonei ao Manel mas eles estavam um pouco atrasados e eu disse que ia andando e encontrávamo-nos no spot, então assim foi, cheguei lá monto a cana e começo a bater terreno, logo no 2ºlançamento levo uma porrada ferro o peixe e depois daquela brincadeira que tanto gozo nos dá estava cá fora “epá isto até começou bem” pensei eu… guardo o peixe lá num buraco e logo no 3ºlançamento nova porrada e nova ferragem, nova brincadeira e peixe cá fora “uai queres ver que é hoje” vou guardar o peixe junto do outro e volto à carga, nisto vejo dois vultos a andar junto à falésia eram os “Gaviões” que estavam a chegar, enquanto eles montavam o material eu fiz mais alguns lançamentos e nada, nisto fui cumprimentar o pessoal que já não nos víamos há uns dias e voltamos a bater o spot a pente fino, pois nem mais um toque que qualquer um de nós sentiu. O cardume estava lá, mas era um cardume de dois apenas… lool

Mais uma vez fui eu o sortudo, gostava que eles também tivessem tirado peixe mas certamente ficará para uma próxima, valeu alguns momentos de galhofa e desta vez tive direito a fotógrafo que foi o mestre Sílvio…

E para quem pensa que isto é fácil, hoje às 5h da manha estava a pé para mais uma investida matinal, desta vez foi um chibinho, o frio esse nem vou comentar…

Cumprimentos.



segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

À segunda é que foi...

Boas pessoal!
Depois de uma semana sem ir ao mar ontem lá comecei a fazer planos para uma investida, mas depois do almoço tive a visita de uns amigos aqui em casa e depois dum cafezito lá decidimos ir ali ao café petiscar alguma coisa, pipis práqui  cerveja práli bifanas pralém  morcela não sei prá onde até que o amigo “saco de plástico” descobriu que o dono do café era da terra dele (Odeceixe) e que ambos eram primos dum tal “João porco” que é casado com a filha do “carrapato”  olha agora é que isto tá bom e leva jeito, a partir daí chovia medronhos naquela mesa que até estalava “áhh mãe tá bonito isto tá” previa-se uma tarde difícil, até que quando demos por nós era 20h… eles tinham muita estrada pela frente e eu uma investida aos Robalos...

 Chego a casa abro a caixa para escolher as amostras e pareciam-me todas  da mesma côr “áhhh mãe isto tá bom tá” sento-me no sofá para descansar um pouco e quando dei por mim eram 2h da manhã… lá se foi a pesca… então resolvi fazer o nascer do dia… 6h da manhã estava no pesqueiro escolhido e vai de lançar em todas as direcções possíveis para cobrir toda a área, pouco antes do sol nascer dá-se o ataque e ferragem feita, passados alguns momentos o peixe já se via à tona de agua e foi só direcciona-lo para a porta de saída de emergência, era um Robalo já bom mas mais uma vez filho único.
Um abraço e até breve.





domingo, 17 de fevereiro de 2013

Robalarmstrong

Boas pessoal!
Como todos sabem o mar desceu um pouco este fds, então foi fds de ataque em vários spots. O peixe anda arredio e teima em não encostar, na 6ºfeira andei a sondar uns pesqueiros para ver como estavam para atacar e então ontem de manhã bem cedo fui a um spot onde já tinha sido feliz anteriormente, cheguei ao local escolhido ainda de noite e assim que clareou comecei a descida muito devagar para ver onde punha os pés. O mar apesar da descida anunciada estava forte para não variar, comecei a disparar em todas as direcções e quando dou por mim tinha um Robalão cravado do outro lado da linha, não era peixe de cabeçadas mas sim de corrida, à primeira vez que o trouxe até mim vi logo que este ia dar trabalho, o bicho assim que me viu arrancou para fora outra vez que nem um tiro, o carreto cantava que era uma maravilha e com jeitinho lá o consigo trazer outra vez e mais uma vez aí vai ele, pensei cá para mim “mó ma este gajo na se cansa, parece o Armstrong, na volta também tá dopado” fechei mais um pouco o drag e apertei com ele até o encalhar numas pedras, nisto veio uma onda e ainda o empurrou mais para cima, impecável foi só jogar-lhe a mão e seirão com ele. Ainda pesquei mais uma horinha e esquece que isto aqui não aparece mais nada hoje…



Acusou 5,700Kg e agora é o meu actual record, mas ainda não é o "velhote" que eu tanto procuro (velhote= no mínimo sete kilos)



Ao final do dia fiz outra investida em outro pesqueiro mas sem sucesso, hoje às 3h da manhã levantei-me e fui com o amigo Cirilo bater um spot que estava um luxo, o fundo estava bom e o mar na perfeição peixe é que nada, às 9h da manhã demos por encerrada esta jornada. Vim a casa comer alguma coisa e lá vai ele outra vez aproveitar o dia nublado a ameaçar chuva, fui a outro spot e mais uma investida e nada, numa troca de palavras com um pescador que estava à chumbica fiquei sabendo que de manhã bem cedo andou lá um Robalão a vaguear pela zona…



Uma feijoada com chouriça quentinha  vem mesmo a calhar para repor energias hahahahaha...




Conclusão: o peixe continua em não aparecer e só com muita insistência e sacrifício é que vai saindo alguma coisa.
Agora esta semana vem aí cacetada da grossa outra vez e há que ter paciência e esperar.
Cumprimentos a todos.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Um cardume

Spinning
Calma pessoal!
 É um cardume mas de um apenas, pois isto cada vez mais parece que os cardumes já nem existem, ou então só já há cardumes de um…
Bom esta semana ainda só tinha ido uma vez à pesca e papei um chibo, tenho andado entalado com obras aqui em casa e só hoje ao final do dia consegui um tempinho. Depois de ter falado com o Gavião Sílvio ao telefone que me perguntou “Atão e hoje na vais?” aquilo ficou a remoer aqui a consciência e lá fui mandar umas amostras…
Foi o único peixe que senti em 2h de pesca, mas pelo menos saiu.
Boas varadas.






Isto aqui o vento é tanto que até as árvores nascem tortas, e como diz o velho ditado, quem nasce torto já não se endireita...

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Curta investida

Boas caros amigos!
Aproveitando uma pequena folga que o vento deu hoje, madruguei e fui fazer uma curta investida ao spinning num spot onde já tenho tirado alguns peixes…
Estava um calor esquisito e nestes dias o melhor é ir bem agasalhado para não haver azar, saí da cama às 5:30 e fiz me à estrada, cheguei ao pesqueiro ainda de noite e fui para o meu cantinho, alguns lançamentos e nada, troca de amostra alguns lançamentos e nada, mas como à 3º é de vez troca de amostra novamente e parece que desta é que ele gostou, peixe ferrado e seguiu-se uma brincadeira junto a umas pedras afiadas, contornei as pedras com o peixe e levei-o para um cantinho onde lhe pude jogar a mão, peixe no seirão e mais alguns lançamentos sem êxito, mais um solitário que suicidou-se…
Um abraço e até breve





terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Bora Manel!!!


Desta vez combinei com o Gavião Manel irmos fazer uma investida ao spinning, para fazer tempo nada melhor do que jantarmos cá em casa para pôr a conversa em dia, entretanto fez se horas e lá fomos nós para a faina.
Chegamos ao pesqueiro e a noite apresentava-se fria e o mar bom para o que nós queriamos, o Manel começou a varrer para a esquerda e eu para a direita, pouco tempo depois ferrei o primeiro e sai ca para fora, passados mais alguns minutos ferro o segundo e sai ca para fora, a seguir ferrei um “miki” e sai ca para fora mas só por alguns segundos…

Ainda tivemos mais algumas horas no pesqueiro mas sem sucesso, mais valia que tivéssemos ido logo embora, eu acabei com os mesmos dois e o Manel apenas tirou um “miki” que foi prontamente devolvido.



Aqui já estávamos bem atestados para enfrentar umas boas horas de pesca e frio.