sexta-feira, 27 de maio de 2016

No aceio da tarde


“Spinning”
Boas pessoal!
Nesta jornada de pesca a escolha foi para a vertente de spinning e para tal escolhi um laredo de que gosto muito e onde já fui feliz, o mar estava a descer embora de vez enquanto caísse uma onda com força. Desci o laredo ainda de dia e comecei a pesca no “aceio da tarde” onde capturei logo um pequenote que foi devolvido nas melhores condições. Enquanto à minha frente o sol se despedia no horizonte, algures na falésia um pássaro despedia-se de mais um dia com uma melodia que entoava no laredo que só ouvindo, são momentos como este que fazem da Costa Vicentina um local mágico e único que deverá ser respeitado por todos.


A pesca foi feita especialmente com vinis pois neste dia trabalhavam bem melhor que os Jerkbaits, ainda perdi um vinil e também algum tempo precioso na montagem de um novo terminal durante aqueles minutos importantes…


O único exemplar de jeito que tive a sorte de capturar, foi ainda com luz e foi ferrado exactamente junto a uma pedra onde já tinha ferrado um bom Robalo há uns anos, a pesca tem destas coisas… Depois de muitos lançamentos sem sentir mais nenhum toque terminei esta pequena jornada e subi a falésia já de noite e com muito cuidado…

Material utilizado
Cana: Crafty Sea Bass CRB4 3m
Carreto:  Cinnetic Cautiva 4500
Linhas: multi 0,18 com chicote 0,40 Skyline da Cinnetic
Artificiais: Vinil


Aquela subida abriu-me o apetite e preparei esta buchasinha para calar o estômago e descansar um pouco. Às 5h da manhã tocava o despertador e era hora de ir lá baixo outra vez, claro que a vontade não era muita mas por descargo de consciência lá fui, foi uma descida em vão pois não senti qualquer toque mas fiquei de consciência tranquila e deu para curtir o nascer de mais um dia naquela Costa…


Da parte da tarde o vento carregou como se previa e já não havia condições para pescar, aproveitei para dar um passeio numa praia de que gosto muito e apanhei algum lixo para ver se quilo ficava com outro aspecto, muitos de vós nem imaginam a quantidade de lixo que cabe dentro de um garrafão, deste bocados de plástico, sacos, esferovite, etc…


Por ultimo e para fazer tempo que passasse a hora de ponta na maravilhosa estrada EN-125 ainda aproveitei para curtir esta paisagem brutal.

 Pessoal aproveitem a pesca da melhor maneira e já sabem, não deixem lixo na Natureza.
Saúde e força aí.



sexta-feira, 20 de maio de 2016

Sargos fora de tempo


“Surfcasting”
Boas amigos!
Na semana passada estavam autênticos dias de Inverno e hoje já estão autênticos dias de verão, ainda na semana passada quando o tempo estava de chuva comecei a planear mais uma jornada de surfcasting diurno, andei em cima das previsões meteorológicas e logo no primeiro dia em que o tempo melhorou já eu tinha tudo preparado para arrancar para a pesca.


Cheguei ao pesqueiro e só estavam dois pescadores que passado pouco tempo se foram embora e ficou mesmo como eu gosto quase sem ninguém, só lá mais ao fundo é que estava um gajo sozinho mas era bastante longe e não me incomodava nada, montei material nas calmas e comecei a pescar. O mar ainda trazia algum lixo mas nada de mais, começaram por aparecer uns sargos de vários tamanhos, fui seleccionando e guardando alguns, acho que ainda devolvi quatro sargos e duas bailas, aproveitei os maiores para trazer, o peixe estava a comer bem e ainda consegui juntar oito Sargos bem bons sendo quatro deles kileiros…
Mas o tempo esta semana já é outro bem diferente e jornadas deste tipo a partir de agora com a chegada do tempo quente são para esquecer…


Oito Sargos = 6kg


Dois deles acabaram assim deitados numa cama de cebola tapados com um lençol de tomate e regados com um branquinho bem gelado que já apetece. Bom apetite e até à próxima amigos...


Material utilizado
Canas:  Cinnetic Cyclone Black 4,25
    Cinnetic Sky Line 4,25
Carretos:  Cinnetic Cayman Black Evolution 7000
Linhas:  Skyline da Cinnetic 

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Semana de Inverno fora de tempo...

“Surfcasting”
Boas amigos!
Esta ultima semana apesar de não ter feito frio teve uma semana de inverno com dias lindos de chuva e vento acompanhados de mar, o Maio não faltou à tradição com a trovoada e o desgraçado do S.Pedro anda com a cabeça a prémio, já as pessoas estavam impacientes que o sol não aparecia, como se precisassem mais do sol do que da chuva, depois no verão bebem sol, cozinham com sol e no final de um dia de praia quando chegarem a casa tomam banho com o sol, enfim…


Logo no início da semana e dedicando algum tempo andando constantemente em cima das actualizações meteorológicas e a estudar onde e quando poderia programar uma pesca para apanhar uns pexecos lá fui tentar a sorte em mais uma jornada de surfcasting diurno.

O dia não começava da melhor maneira com alguns aguaceiros a chatear e também algum lixo a dificultar a pesca, um vento quente vinha de sudoeste como que anunciando trovoada mas como não tinha nada que fazer e a previsão de chuva para a parte da tarde era pouca fui ficando por ali entretido para ir gastando o isco e em boa hora o fiz. Pois a partir da tarde o vento diminuiu consideravelmente de intensidade e apesar de bastante nublado a chuva fez gazeta e deu para pescar, a água já tem uma temperatura boa e para isso têm contribuído bastante as correntes de sul das últimas semanas…


Posso dizer que neste dia a ruama quase que não se fez sentir e tirando dois ou três peixes que devolvi todos os outros eram de boa bitola, comecei por apanhar dois robalotes bons, depois foi a vez dos sargos darem sinal e por último com surpresa minha bateu uma Dourada a rondar os 2,5kg  por esta não esperava eu hehehehehehehe…
Terminei a pesca já de noite e apressei-me em arrumar a trouxa e “meter-me na alheta” pois anunciavam chuva forte para as 22h e ao longe já se viam alguns relâmpagos “ala que se faz tarde”

Material utilizado
Canas:  Cinnetic Cyclone Black 4,25
    Cinnetic Sky Line 4,25
Carretos:  Cinnetic Cayman Black Evolution 7000
Linhas:  Skyline da Cinnetic


6kg no total


No dia seguinte foram logo dois para o forno


Pássaro do mar em terra sinal de vendaval no mar


Naquele espaço de tempo que tive parado ainda deu para juntar um saco de lixo e deixar assim a praia mais bonita.
Parece que é desta que o inverno se despede e a chegada de dias horríveis de sol e calor estão à vista.
Saúde e força aí pessoal.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Maio (mês de trovoadas)


“Surfcasting”
Boas pessoal!
Depois de uns dias horríveis que tiveram de sol e calor com temperaturas na casa dos 27 graus parece que o S.Pedro se lembrou de pôr um travão ao verão antecipado e felizmente mandou mais uns dias lindos cinzentos e chuvosos de que eu tanto gosto e que fazem muita falta, sempre ouvi dizer que Maio é o mês das trovoadas e não está a falhar pelo menos aqui no Sul, no entanto é preciso ter cuidado e nunca pescar debaixo de trovoada…


Dias perfeitos para começar a tentar umas Douradas ao surfcasting e foi mesmo isso que eu fiz, tentar pescar alguma magana que andasse a "pastar" pela Costa. Foi uma jornada curta e onde consegui engatar duas douradecas que embora não sejam grandes fiquei satisfeito por ter dado com elas logo na primeira investida que faço a este esparídeo este ano, ainda tive mais uma boa mocada mas não ferrou…


Cana Cinnetic Cyclone Black+Carreto Cayman Black Evolution 7000 com linha Sky Line


Cana Cinnetic Sky Line+Carreto Cayman Black Evolution 7000 com linha Sky Line


Dourada Moura Guedes
Uma foto cedida por um amigo de uma dourada bem fora do comum


Aproveitando a fruta da época e mais dois tachos de caracóis para o petisco.
Saúde da boa e força aí pessoal.