quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Resumo 2016


Boas amigos!
Tal como o próprio título indica este é um post que faz um pequeno resumo dos momentos que foram especiais para mim na pesca durante este ano que está prestes a findar…
Escolhi algumas fotos de capturas, amigos e Natureza para fazer este pequeno resumo, por vezes há dias de pesca em que não se apanha nada mas que ficam na memória para sempre por ter corrido tudo tão bem e em harmonia com a Natureza.




















Desejo um 2017 cheio de saúde e peixe para todos aqueles que o merecem, desejo muita Paz e o fim das guerras que continuam a matar pessoas inocentes todos os dias só porque são de raças e religiões diferentes ou porque ocupam terras que outros querem só porque querem. E já agora se não for pedir muito desejo um governo Português que olhe por nós de forma diferente e não nos roube tanto como acontece a todo o instante, acreditem se quiserem mas o estado é o maior ladrão que nos espreita todos os dias…
Bom Ano a todos.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Robalos Natalícios

“Spinning”
Boas amigos leitores e seguidores!
Os deprimentes dias de sol que têm estado aqui no sul dão lugar a noites frias que são acariciadas pelos ventos do quadrante Norte e Nordeste, estas condições fazem com que as mesmas se tornem geladas para programar uma longa jornada de pesca, mas não para uma curta jornada e foi mesmo isso que eu pensei fazer, como em casa não se apanha nada fui spinnar ali um par de horas para tentar algum Robalote que andasse à procura do Pai Natal  :)


Pouco antes de sair de casa passei ao lado da árvore de Natal e olhei para o barrete do Pai Natal, veio-me à ideia (olha hoje vais comigo porque se a coisa correr bem ainda pousas para a foto)
Escolhi um spot que ficava abrigado do vento que estava naquela noite e ao mesmo tempo protegido destes períodos de vaga fortes que têm estado nos últimos dias. É claro que com estas noites frias poucos são os pescadores que se aventuram ou pensam em tal coisa, pois é mais confortável ficarem em casa no quentinho a ver TV mesmo que tenham de ouvir constantemente as chatas das mulheres a cacarejar a todo instante…


Já tinha dois peixes porreiros e estava animado, quando tudo parecia estar a correr bem até me ter tocado a maldição dos mares (maldição dos mares é quando o peixe falha o ataque à amostra ou então sou eu que falho a ferragem) e quase sempre quando isso me acontece não sinto nem mais um peixe nessa jornada, ou pelo menos 95% das vezes foi assim, e mais uma vez foi o que aconteceu, até me passo quando isso me acontece, mas não me pareceu um peixe grande, talvez kileiro; menos mal para o que já me aconteceu esta temporada. No entanto fiquei satisfeito por esse ataque ter sido à IMA Glide 125f, é uma amostra em que eu tenho muita fé e ando a insistir com ela ultimamente…


Fui presenteado com dois bonitos Robalotes que juntos perfizeram o total de 3 kilinhos, não são aqueles troncos de Natal que todos nós queremos mas nada mau para os dias de hoje.



 Material utilizado
Cana:  Cinnetic Crafty Sea Bass CRB4 3m
Carreto:  Cinnetic Cautiva 4500
Linhas: multi 0,18 com chicote 0,40 Skyline da Cinnetic
Artificial responsável pela captura:  vinil 


 Ainda na semana passada quando as marés vazavam bem fui ali a uma regueira apanhar umas ameijoinhas para fazer um xarém de ameijoa


Não sou fã de xarém simples, mas com um marisco á mistura vai bem agora no inverno.
Para terminar queria desejar um bom Natal (dentro dos possíveis) a todos os amigos, leitores e seguidores que costumam ler os meus relatos de pesca aqui no blogue.
Abraço e força aí pessoal.


quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Minhoca paraplégica

“Surfcasting”
Boas amigos e leitores…
Desta vez com os mares do quadrante sul que estiveram aí na semana passada programei uma jornada de surfcasting perto de casa e como tinha ali umas minhocas já meio paraplégicas para gastar às quais juntei umas iscas congeladas que tinha no congelador fui esticar as canas com a finalidade de apanhar meia dúzia de pexecos, o objectivo da meia dúzia não se concretizou e apenas trouxe um para casa, mas desta vez foi um dos bons e que não resistiu a uma minhoca paraplégica…


É claro que as bailinhas da praxe andavam por lá e três capturadas = três devolvidas, para ver se crescem; pois um peixe que pode atingir os 3kg é raro verem-se exemplares acima de 1kg, devia haver mais consciência por parte dos pescadores e libertarem todos os exemplares que não sejam de dose (excepto claro algumas que ficam mal tratadas quando engolfam o anzol). Este foi um dia bem passado com muitas nuvens e algum vento…
Depois de ter tido alguns amargos de boca esta temporada com azares que fazem parte da pesca e quase me fizeram perder a cabeça este peixe veio apaziguar um pouco esses momentos menos bons.


Material utilizado
Canas:  Cinnetic Black Panther 4,20
            Cinnetic Panther Evolution 4,20
Carretos:  Cinnetic Cayman Black Evolution 7000
Linhas:  RayLine 0,18 nos carretos e SkyLine 0,30 nos estralhos


Um dia destes fui aqui á Ria apanhar uns berbigões para fazer um xarem de berbigão.
E uma vez que estou a falar da Ria deixo aqui umas fotos que tirei durante um passeio.
Saúde e força aí pessoal








segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Surfcasting

Boas pessoal!
As últimas semanas tem sido instáveis com dias frios alternados com dias amenos e dias de chuva alternados com dias de sol, embora os dias de chuva sejam por vezes chatos quando programamos fazer alguma coisa ao ar livre como a pesca por exemplo, temos de ver o lado positivo da coisa, faz falta; muita falta até para a pesca. Nutrientes que são levados para o mar em pequenas quedas de água ou ribeiras e riachos, desembocaduras, etc; são fundamentais para a vida no Oceano e para manter o ciclo de vida das espécies marinhas.


Cinnetic Black Panther 4,20


Um dia destes recebi uma chamada do Mestre Sílvio a desafiar-me para fazer uma investida ao surfcasting, dizia ele que dois dias antes tinha apanhado uma mão cheia de Douradas boas. Uma vez que eu já estava a programar uma ida ao mar foi só acertar as horas para nos encontrarmos.

Chegámos bem cedo ao spot e montámos o material ainda com sol, mais tarde fez uma noite boa e o mar estava de feição para se apanhar uns peixes, as condições morfológicas do pesqueiro prometiam e talvez por isso não tardou muito a termos companhia, dois pescadores que montaram o estaminé mesmo ao meu lado e ainda por cima daqueles gajos que andam sempre com a luz acesa no máximo e a apontar em todas as direcções, fiquei logo azedo com o vizinho do lado e ainda por cima tinha uma pedra à minha frente que me roubou duas chumbadas, a noite foi avançando e aos poucos lá engatei meia dúzia de pexecos para safar o chibo…


Houve tempo para roermos uma chouriça caseira assada com umas fatias de pão e uns copos de vinho, sabe mesmo bem um petisco destes numa noite de pesca


E como já vai arrefecendo o Mestre Sílvio levou este xarope pá gente aquecer o esqueleto :)


      Esta foi a minha pesca, nada de mais mas já tive dias bem piores


Já o Mestre Sílvio com os seus lançamentos supersónicos trincou duas burras que juntas acusaram 5kg  e ainda apanhou mais quatro sargos bons para compor o ramalhete


Material utilizado
Canas:  Cinnetic Black Panther 4,20
            Cinnetic Panther Evolution 4,20
Carretos:  Cinnetic Cayman Black Evolution 7000
Linhas:  RayLine 0,18 nos carretos e MIMETIC 0,40 nos estralhos


Elas que se cuidem

Saúde e força aí pessoal