segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Revisão de linhas

“Surfcasting”
Boas pessoal!
Por regra todos os anos no início da minha nova temporada gosto de fazer uma pequena revisão ao material, este ano não será excepção…


Durante uns meses o material ficou parado, as linhas que foram usadas algumas vezes e agora com esta pausa têm tendência em secar mesmo que bem tratadas e de boa qualidade…
Quanto mais fina é a linha mais cuidado requer por parte do pescador, seria bom poder equipar um carreto só com uma bobine de 0,50 e siga caminho, mas hoje em dia se quisermos ser bem sucedidos no surfcasting temos de acompanhar a evolução das linhas e ter vários diâmetros preparados para usar consoante o estado do mar ou condições do pesqueiro, ou então arriscamo-nos a não conseguir pescar por vários motivos…


Ontem foi dia de mudar algumas linhas e certificar-me de que está tudo afinado, para que um dia destes não haja nenhum amargo de boca e depois dizer (áh e tal já devia ter substituído esta linha) nada disso, a melhor maneira de evitar estas situações é anteciparmo-nos a elas…
Depois de uma pequena revisão aos carretos de surfcasting, substituí as linhas velhas por linhas novas e respectivos “chicotes”, no caso do 0,18 foram duas bobines preenchidas de RayLine (Orange fire) da Cinnetic, já no caso do 0,24 foram também duas bobines e a escolha foi para o SkyLine (red inferno) da Cinnetic
A escolha entre uma e outra não teve nenhum fundamento especial, a SkyLine é uma linha que dispensa apresentações e com provas dadas que mantém a confiança de muitos pescadores de surfcasting.
A RayLine é uma linha mais recente mas que não fica atrás da anterior, a temporada passada pesquei com ela durante todo o inverno e portou-se bastante bem, com uma durabilidade incrível, logo e por enquanto é com esta que vou pescar no diâmetro de 0,18mm.


Como todos nós sabemos há inúmeras situações que podem correr mal numa jornada de pesca, mas se as linhas forem de boa qualidade e estiverem sempre em bom estado já é meio caminho andado para o sucesso.
Saúde e força aí pessoal.


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Investida na Ria


Boas pessoal!
Tinha prometido a mim mesmo que este ano não fazia uma única investida ilhada aqui na Ria à porta de casa, estava a conseguir cumprir o prometido até um dia destes em que um amigo me ofereceu algum isco que lhe tinha sobrado da pesca do dia anterior incluindo umas minhocas brancas que o seu destino mais certo seria o lixo. Fiz o favor de lhe ficar com o isco e como não tinha planos de nenhuma jornada de pesca a sério decidi fazer uma pescasita rápida só para gasta-lo. Acordei um dia bem cedo e lá vai ele dar comida aos peixinhos…


Entrei na água ainda pouco se via e lá fui dando à barbatana até chegar ao local escolhido. Cana montada e assim que cai lá no sitio comecei logo a sentir a maldita “ruama” que num abrir e fechar de olhos desfaziam as pobres das minhocas. Esta é a razão porque me aborrece fazer estas investidas na Ria e pela qual este ano não tenho apostado neste tipo de pesca, a quantidade de peixe miúdo é tanta que nem deixam um peixe ou outro mais jeitoso chegar perto da isca…
Sinceramente tinha saudades do silêncio matinal da Ria mas com certeza terá sido a única investida deste verão por estas bandas…


No entanto ainda consegui engatar uma boa safata que fiz todo gosto em trazê-la para o almoço (um gajo também tem de comer alguma coisa)  😊


Estes apareceram para a foto


Pronta para ir para a mesa (um gajo também tem de comer alguma coisa) 😊


Um dia destes em que o João Santana esteve por cá, resolvemos combinar uma petiscada como manda a tradição cada vez que ele cá vem, neste dia convidei um amigo que está sempre pronto para beber umas cervejas e lá se juntou a nós, o “Capitão” também conhecido por o “Rei do Charroco” hehehehehe, o homem em dez peixes que apanha nove são charrocos hehehehehe…


Dividimos o mal pelas aldeias e cada um trouxe alguma coisa, o resultado foi este: percebes, camarão, azeitonas, pão, patê, etc…
(Um gajo também tem de comer alguma coisa) 😊


Até uma sangria branca eu fiz neste dia, veio mesmo a calhar gelada e depois de estar a apurar o dia todo.

Este foi um bom dia de pesca, boa comida e boa companhia, nem imaginam o peixe que se apanhou ali à volta daquela mesa  hahahhaaha…
Saúde e força aí pessoal.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Marisco e petisco


Boas pessoal!
Não havendo nada de especial para contar, resolvi partilhar mais umas fotos de um petisco com o amigo João Santana
Um dia em que o João se ofereceu para trazer uma travessa de percebes e uma salada de polvo para lancharmos num final de tarde com bastante calor.


Não podia desperdiçar um convite do amigo João para dar ao dente hahahahaha



O Mister Sargo todo contente (é disto que tu gostas, calor e petisco) hahahahahaha


“Coisa mai linda”


Não há peixe mas há marisco, um dia destes fiz aí uma maré de lingueirão (um gajo tem de comer alguma coisa)


Ao saber que andavam uns chocos aqui na ria, fui dar um passeio pelo lodo a ver se arranjava alguma coisa para o petisco e foi quando dei com uns choquinhos amalhados dentro de um pego, na altura não tinha nada para os apanhar, mas no dia seguinte já fui preparado para eles, ainda aproveitei esta machinha para o petisco (um gajo tem de comer alguma coisa)

Saúde e força aí pessoal.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Vai-te embora Agosto, vai-te embora verão...

Boas pessoal!
Depois de 2 meses sem publicar nada, está na hora de começar a pensar em postar alguma coisa mesmo que não sejam grandes pescarias, sinceramente já tenho saudades de fazer uns relatos e escrever aqui no blogue… 

Como se costuma dizer por aqui, o melhor dia de Agosto é o dia 1 de Setembro, o que para mim faz todo o sentido uma vez que não gosto do verão, principalmente se for quente como tem sido nos últimos anos.

Com o excesso de publicidade que se tem feito do verão no Algarve, os residentes que não estão ligados ao turismo tentam sobreviver a muito custo a esta invasão em massa de que o Algarve é alvo nos meses de verão, custa-me acreditar como é que algumas pessoas levam o ano inteiro a juntar uns trocos para depois virem gastar as poupanças do ano numa semana de estadia e em restaurantes e marisqueiras onde são “roubados” à descarada por empresários do turismo que pagam ordenados miseráveis aos seus empregados…


Bom mas nem tudo é mau e uma das coisas que eu gosto de fazer no verão são os petiscos com os amigos e se forem amigos da pesca melhor ainda, pois já se sabe onde o assunto vai acabar. Como já é costume o amigo João Santana do blogue https://litoralalentejanosurfepesca.blogspot.pt/ costuma passar por cá uns dias de férias e quando há oportunidade fazemos sempre um petisco para bebermos umas cervejas e metermos a conversa em dia, este ano o calor foi muito e fizemos uns belos petiscos, aos poucos irei postando algumas fotos desses momentos…
Neste dia contou-me as historias que se passaram com ele e o “Sócrates” (agente da autoridade) que ridículo a perseguição de que o João tem sido alvo este ano…


Neste dia o João trouxe a especialidade dele “Polvo” tudo o que leva polvo se for o João a fazer está bom de certeza, o Mister Polvo hahahahahaha

Como podem ver, com algum trabalho e imaginação arranja-se um petisco e uma esplanada improvisada para um final de tarde de verão, ao invés de gastar uma porrada de euros num restaurante ou marisqueira e no fim levar uma banhada…


A tarde era de calor e lá tivemos que varrer umas minis geladas.


Este foi um verão em que fiz umas boas apanhas de marisco, neste dia o alvo foram os berbigões e umas ameijoinhas, (um gajo tem de comer alguma coisa)


Flamingos


Ria Formosa


Agora que a malta da fachada e do cenário se foi embora está na altura de aos poucos começar a fazer umas saídas de pesca para brincar um pouco…
Até lá, saúde e força aí pessoal.