segunda-feira, 7 de maio de 2018

Debaixo de Olho

“Surfcasting”
Boas pessoal!
O Inverno infelizmente está no fim, a época das tempestades acabou e a Costa Sul voltou a ser o que sempre foi (uma piscina).
Esta foi mais uma jornada de surfcasting feita debaixo de olho, digo isto porque o mar ia descer de uma forma quase vertical a meio da noite e iria subir no dia seguinte novamente, este ano tem sido quase sempre assim e algumas jornadas têm sido feitas nos pequenos intervalos que o mar faz, então tinha ali umas horas para poder pescar e a jornada passou-se entre a 1h e até o raiar do dia.


A pesca nesta Costa é algo que me define e que me faz sentir vivo, arriscaria mesmo a dizer que é viciante…

Cheguei ao final da tarde para aproveitar a claridade e assim poder ler o mar e tentar marcar o melhor sítio para meter as canas a pescar na hora em que o mar o ia permitir, detectei várias correntes laterais naquela praia e não gostei porque pareceram-me demasiado fortes, mas o facto de ainda ser cedo naquele momento confortou-me um pouco, a carência de areia também se fazia notar em alguns pontos, mas este era um aspecto facilmente contornável porque não coincidia com as zonas que eu tinha debaixo de olho e que me agradaram à vista. Com as coordenadas gravadas no meu GPS cerebral podia agora conduzir até um local tranquilo e descansar ao som do silêncio da noite até à hora da festa.
Como não havia por ali pescadores a olhar ao spot e tinha havido uma grande mudança nos fundos não tinha necessidade de ir guardar o pesqueiro durante horas como já aconteceu em jornadas anteriores e depois tinha um plano B debaixo de olho para no caso de alguém se antecipar a mim.


À hora prometida fiz-me ao pesqueiro pela calada da noite sem fazer grande alarido e pouco tempo depois lá estava eu com as canas montadas e preparadas para atacar, na primeira meia hora o mar ainda tinha alguma força mas com o passar dos minutos pareceu-me que acalmou um pouco e lá começaram a sair uns pexecos, não houve exemplares de tamanho considerável e em lugar destes havia muita miudeza, o que não costuma ser comum em dias com estas condições, tive de me adaptar e selecionar ao máximo as capturas que ia fazendo. Foram libertados cerca de 6/8 peixes que não tinham o tamanho mínimo desejado e com alguma dificuldade lá consegui reunir alguns para trazer e dividi-los entre uma assada e uma fritada cá em casa.

Pela manhã, com a pesca feita e tudo arrumado aproveitei para dormir umas horitas no mato sem barulho, acho que é uma das coisas que mais gosto nestas idas à pesca é dormir no meio da Natureza onde os únicos sons que ouço são os dos pássaros e dos ramos das árvores a rosarem uns nos outros.
Da parte da tarde fui espreitar uns spots que ficavam ali perto e já de noite antes de voltar para casa lá tive de fazer uma última visita ao faval que eu tinha debaixo de olho, já estava nos restos e as favas já eram poucas e como não sou garganeiro apanhei apenas algumas para acompanhar com uma fritada 😉 um gajo tem de comer alguma coisa 😉

Ao longo do ano a espécie alvo vai mudando como se da fruta da época se tratasse e como tal está na altura de se apanharem umas Douradas, no entanto elas têm permanecido perto da Costa nos últimos meses e saíram algumas durante o Inverno, como eu não gosto de pescar no verão devido ao calor e à confusão para mim até é bom que as Douradas andem por cá o ano todo e assim sempre vão compondo as pescas quando os Robalos ou os Sargos faltam à chamada…


Estava eu a recuperar uma das canas e a sentir que trazia lá um peixinho, quando de um momento para o outro o peixinho parece que se transformou em peixão e deu uma arrancada que quase me saltou a cana das mãos, foi uma cena que durou cerca de dois segundos e parou de repente, por instantes fiquei assim tipo estátua a tentar perceber o que tinha acontecido e voltei a recuperar lentamente, qual foi o meu espanto quando a pesca chegou aos meus pés e deparei-me com isto (olha já não basta serem poucos e pequenos que este ainda por cima só vem metade)  😊
Certamente foi uma tintureira ou algo parecido, é normal predadores deste tipo aparecerem em certas praias nesta altura do ano.


Linhas usadas nesta jornada:  
RayLine 0,18 nos carretos, chicotes Cinnetic e SkyLine 0,40 nos estralhos


Não é necessário guardar peixe demasiado pequeno com a velha desculpa do (dá para fritar) como podem ver os sargos de dose também fazem uma boa fritada, estes acompanharam as favas hoje ao almoço 😉


E as favas acompanharam os Sargos 😉


Tive inquilinos na varanda por uns dias, apanhei duas crias de Melro no jardim e dei-lhes guarita temporária para as proteger dos gatos. A protecção que lhes dei correu melhor do que pensei no início, os progenitores deram com os eles num instante e foram incansáveis num vai vem constante durante dias a fio para trazerem alimento aos seus filhotes.
Neste caso o pai com alguma coisa no bico.


Aqui a mãe com um petisco para os filhotes.


O pai com mais uma lagarta.


Com licença estou com pressa, os meus putos estão com fome.


E no final tudo acabou bem, uma semana mais tarde quando me certifiquei de que as crias já tinham asa suficiente para evitarem os gatos soltei-os e foram à vida deles…
Saúde e força aí pessoal.

26 comentários:

  1. Boa faina, Pedro!
    Pode não ser de recordes, mas muito composto e variado!
    A vária cortada ao meio :(, é bem capaz de ter sido uma anchova (aí pelos algarves e com mar mexido é vulgar), mas também podia ser um tubarão. O que é estranho, é quando estes bichões (não, não se trata do Zé C Branco) aparecem, os peixes dão a vilas diogo!
    Abraço,
    José Carlos Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comé José!
      É verdade, não apareceu nenhum peixe grande mas foi uma pesca composta, do meu ponto de vista acho que mais 4 ou 5 peixes mesmo sendo desta bitola pequena ficava uma pesca de luxo, mas pronto não me posso queixar, deu pare entreter, pescar e trazer uns peixinhos para o almoço :)
      Eu estou mais virado para uma tintureira (tubarão) a anchova tem um corte mais arredondado e nesta costa onde pesquei costuma aparecer uns tubarõesitos nesta altura do ano, mas como não vi fica sempre a tal incógnita :)
      E realmente a actividade baixou bastante depois desta baila ter vindo corta ao meio...

      Saúde da boa e força aí José ;)

      Eliminar
  2. Mékié Lobão!
    A tecnologia ao serviço da pesca. Há uns anos atrás, era lá ir e aguentar como estava. Agora até temos esse luxo de escolher a hora para atacarmos e vir embora quando sobe, pois já sabemos que vai ser sempre a piorar....
    Não foi bitola grande, mas foi uma pesca variada. E esse sargo faz uma grande companhia hás favas ;)
    Por acaso, gostava de ver um relato assim. "Estava a tirar uma avária e tirei uma tintureira"....
    Atão tu que andas sempre a pedir ao Cris uns passarinhos para o pitéu, não ficas-te com esses?!?!....
    Fizeste muito bem entregar os bichos. Até podem ser comidos de seguida por um gato ou levar um tiro. Mas ficas descansado....
    Grande e forte abraço Pedrão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comé Chicão!
      É mesmo :) nem imaginas os chumboas que levei quando era puto e comecei a ir à pesca hahahahaha a maior parte das vezes nunca pescava :)
      Foi uma coisa boa que inventaram esta cena dos sites do mar, não só para se programar as pescas mas também para se poder pescar mais em segurança...
      Yah como eu disse no comentario anterior se tivesse apanhado mais uns 5 peixinhos mesmo destes já dava uma bela pesca, mas não me posso queixar :)

      Hahahaha é difícil de veres esse relato, com as linhas que eu pesco elas partem tudo, o Sílvio já apanhou tubarões desses e partiam tudo mesmo a pescar grosso, diz que é uma cena do caraças hahahaha...

      Hahahahaha eu já sabia que alguém ia dizer isso, opá gosto muito dos petiscos e não recuso um petisco de tordos, mas daí até matar os bichinhos ainda vai um grande passo, e depois nem imaginas a vida que estes Melros dão aqui à minha rua, até de noite cantam :)

      Obrigado e força aí Chicão, saúde...

      Eliminar
  3. Como estás Pescador?
    Olha não apareceram os Labraxs mas ainda deu para o almoço a juntar com as essas favas é que bem bom hihihihi
    Muito poreiro essa dos passaros e nem eles se importaram com o fotografo hihihihi ou então queria pousar para a a foto
    Até há proxima e continia a

    João Correia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas João!
      Os labraxs andam fugidos de mim :)
      Sim já rendeu uma pescasita porreira, nos dias que correm já é bem bom...
      Eles não se importavam era com a maquina, a mim quando me viam fugiam logo :)
      Obrigado e força aí João, saúde.

      Eliminar
  4. Mékié Pedro,começas logo bem o relato com uma fotografia espetacular meus parabéns.Depois segue-se uma mista cinco estrelas sim senhor ;} meus parabens
    Kue fosse sempre assim mesmo kuando nao aparecem os XLS
    Agora essa baila é kue me deixou pasmado,chiça até parece kue foi cortada no talho chiça.

    Bonitas fotos dos bichanos a darem de comer aos filhos a natureza é linda.
    Meus parabens por mais um relato cinco estrelas como de costume Pedro.

    Agora é apanhalos mesmo kue nao aja favas ;}
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Gualter!
      Obrigado, achei que seria a foto mais porreira para apresentar este relato...
      Era bom era que fosse sempre assim, mas não é como nós queremos :)
      Eu acho que nem ela a baila sabe o que lhe aconteceu :))

      Tive de ajudar os Melros, andam sempre aqui a alegrar a rua a cantar :)
      Obrigado e força aí Gualter, saude...

      Eliminar
  5. Excelente reportagem como sempre. É um regalo para os olhos. Um abraço Pedro.
    Filipepc.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comé Filipe!
      Obrigado :) Tu melhor que ninguém sabes o trabalho e o prazer que dá fazer um relato... Mesmo que nem sempre seja fácil arranjar material para o fazer...
      Saúde e força aí....

      Eliminar
  6. Grande Pedro,
    Do meu ponto de vista axo que faltava ai um linguado ou uma solha para ficar uma mista de luxo lol
    Essa meia avaria é que ninguem espera lol deve ter sido um peixão do caneco.

    Olha uma coisa e com esse esticão que a tinturera deu não te meste pelo 0.18 é que isso já me disseram que é peixe que arranca sem parar.
    Parabens pelas favas tambem e pela atitude com o merlos :)

    Grande abraço

    XD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Sandro!
      Hehehehe olha por acaso não é mal pensado, ou até mesmo um pregado ficava bem :) mas não apareceu o peixe plano olha fica para outro dia ;)
      Quase de certeza que foi uma tintureira... Ladra pá...

      Opa pois como ela cortou logo a baila não chegou a levar muito fio, se não de certeza que partia, o RayLine é grande linha mas não faz milagres hahahahaha

      Obrigado pelo comentário e força aí Sandro, saúde...

      Eliminar
  7. Com que então só gostas de tordos fritos! Melros na gostas??? ahaha
    Olha que no meio dos meus tordos vem sempre um ou outro melro perdido que não se escapou do chumbo!!
    já está calor, butes lá vazar umas mines! O João teve pontaria desta vez, foi ele a descer e eu a subir pro alentejo!
    Boa Pesca Pedro
    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comé Mata Chibos :)
      Hahahaha eu sei que volta e meia vêm misturados, mas não sou esquisito, no entanto eu não sou vegetariano pá e não digo que não a um petisco dos teus passarinhos :) agora daí até tirar a vida estas que são os meus vizinhos e que alegram aqui a rua ainda vai um passo grande :)
      Agora por isso, já tenho saudades de uns tordos dos teus sim :)) hahahaha

      Pois, desta vez não calhou lá muito bem, lá tive de mamar umas travessas de percebes com o João o beber umas imperiais, foi até fechar o café hahahahaha...
      Fica para a próxima...
      Obrigado e um abraço, força aí Cristóvão...

      Eliminar
  8. Grande pedro mais uma bonita pesca,deixa as favas do homem velhaco😀 boa gaiola para os passarinhos amigo
    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comé Alexandre!
      Opa pois agora deixo, já não deve haver mais para apanhar :))
      Tive de improvisar a gaiola com o chalavár :)
      Obrigado e força aí Alexandre, abraço...

      Eliminar
  9. Boas Pedro

    Mais uma bonita historia com tudo a que á direito,até passaros desta vez kekekekeke,muito fixe os pais a irem levar comida aos pequenos

    E mesmo assim fizeste uma boa seleção e juntaste uns peixes á maneira amigo parabens,as favas essas é que nao se escapam kekekekekek

    Continua ai com esses relatos pedro que a malta gosta de ler
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comé Leão branco!
      Sim desta vez entrou a Natureza no seu melhor aqui no relato hehehe
      E depois de uns dias foram à vida deles...
      As favas agora já foram, já ficaram lá poucas que devem ser apanhadas esta semana ;)
      Os peixes foi o que se arranjou e é bem bom...
      Obrigado e força aí Carlos.

      Eliminar
  10. Comé Pedro, lá safaste a onça 👍👍👌
    Estar junto do mar e natureza a fazer aquilo que é tão apaixonante como a pesca é vsem dúvida uma dádiva.
    A minha anchova ando por si 😂😂😕😕😕
    Dá lhe com alma.
    Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miguel atão e que tal!
      É verdade, deu para safar a coisa, mas foi um de cada vez não foi aos pares hahhhahaha ;)
      É verdade e tu sabes bem disso, essa Costa deixa um gajo mais perto do céu...
      Eu não a vi, mas isto foi coisa de tintureira, digo eu...

      Obrigado e um abraço, força aí....

      Eliminar
  11. Como é que isso vai Pedro
    Olha lá se convidas a malta para comer umas favas em tua casa LOL a acompanhar com um sargo frito LOL
    Grande relato com tudo incluído do inicio ao fim.Parabens amigo pela pescaria e pela atitude com os passarinhos,mesmo possreiro
    Vai lá fazendo umas pescarias para a malta ir lendo
    Fica bem e continua

    Luís Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comé Luis!
      Cá se vai andando :)
      Opa nã tenho cadeiras que cheguem, foi só por isso que não disse nada :))))
      Obrigado, os passaros estes são bons vizinhos e merecem ser ajudados ;)
      Vou tentar, saúde da boa e força aí Luís...

      Eliminar
  12. Boas amigo.
    Olha como isto está essa pesca é bem engraçada.
    As favinhas vem sempre a calhar, ahahahahah, fogo e eu aqui com um saco cheio da horta do meu vizinho... Lá ganhou uns sargos, eheheh.
    Essa é boa, parece o Nathional Geografic, altas fotos mesmo, certamente não durava muito ai na tua rua o melrrito.
    Só tenho pena que o inverno acabe porque deixas de fazer relatos, mas acho que este ano o Lobo vai pescar no verão, eheheh depois falamos;)
    Força amigo um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comé amigo João!
      Não foi mau de todo, podia só ter sido melhor :)
      Ainda consegui apanhar umas favinhas para fechar a época das favas hahahahha
      Arranjaste aí um vizinho à maneira, trata-o bem porque desses há poucos ;)
      Ohh com os gatos que andam aqui tinham ido logo nas primeiras horas, nem sei como é que não os paparam, ainda fui a tempo...
      Hahaha... Se tu tens pena imagina eu, mas deixa lá pode ser que entretanto combinemos uns petiscos para beber umas geladas ;)
      Esta tarde teve um calor mesmo a pedir umas fresquinhas hahaaha
      Abraço amigo, obrigado e força aí...

      Eliminar
  13. Qué mágoa de non capturar o "peixazo" que mordeu ó outro. De todas formas, a cousa déuse ben.
    Norabóa Pedro e un saúdo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Josiño!
      Isso seria quase impensável :) a pescar com 0,18 e se for o peixe que eu penso nem dava hipóteses :)
      Obrigado e força aí Josiño...

      Eliminar